Seleccionar página

O Sport Comércio Salgueiros, foi criado em 8 de Dezembro de 1911, como clube das classes populares do Porto…um clube criado do suor, sangue e paixão, daí a cor vermelha do mesmo.

Durante toda a sua história o “Salgueiral”, como carinhosamente é chamado, viveu na penumbra dos grandes clubes da Invicta (essencialmente o FC Porto), sendo um simbolo da freguesia de Paranhos. Agremiação desportiva que além do futebol (foi lá que o DECO se mostrou à Europa), evidenciou-se no atletismo (equipa da qual eu fiz parte, mas essencialmente o meu irmão MIguel), natação de águas livres (onde o meu pai foi atleta) e no polo aquático (a melhor equipa de Portugal e com maior palmnarés)… Um clube simples de gente simples, bairrista e simpático, que tinha como principal activo a “ALMA” o querer dos seus simpatizantes… Só para terem uma ideia… o clube após despromoção administrativa decretada em 2004 (por dividas) teve assistências superiores a 10.000 (sim 10.000!!!) simpatizantes em alguns jogos, o ano passado, na 2ª DIVISÃO REGIONAL da associação de futebol do Porto, possui uma média de assistência por jogo superior a muitos clubes da primeira divisão nacional de futebol!!!

Ser salgueirista passa-se de pais para filhos e é uma benção (o meu filho Luis Miguel foi registado na conservatória ao lado da sede do Salgueiros) e tal como eu são sócios (com quotas pagas).

“Alma salgueirista” é considerada a melhor claque (não só de futebol) de Portugal… “ALMA” representa o prazer em ser-se salguerista e defender o clube, representando a vontade e orgulho no mesmo, representa o gostar do mesmo, apesar de tudo…
Uma das corridas de 10 km, mais antigas de Portugal e porque não da Europa, que mantém o mesmo traçado desde a sua genese (com algumas alterações pontuais). Corrida que celebra o aniversário do Salgueiros (dia 8 de dezembro). Sei bem do labor e do gosto que o salgueiros poem na sua (E MINHA CORRIDA) porque estive nalgumas edições bem por dentro da mesma. Além do facto de a poder fazer “ás cegas”…
Um traçado com uma multiplicidade de situações, subidas, descidas, ruas estreitas, avenidas largas, pela freguesia de paranhos, com começo e fim junto ao antigo estádio de Vidal Pinheiro (que saudades). Uma corrida de grande nivel, que esgota as 1200 inscriçoes disponiveis muito antes do prazo.. .e que para mim sempre foi uma Meca!

Um ambiente fantástico, unico e imperdivel, que vale a pena (sempre) repetir….
Um Clube com “ALMA” como o CARMA fez-se representar com Fran, Jeff, Igor (moi) e …como é que se chama aquele tipo de Paredes de Coura??…ah… o Ismael…pois … (lolll…pá é brincadeira)… além da presença do nosso amigo e membro associado Firmino…Uma representação do “caraças” que ficou contagiada pela ALMA SALGUEIRISTA, dada a alegria com que se “fez” aos 10 km e pela (SEMPRE) óptima disposição na chegada…com a benção da chuva!!! Uma manhã de domingo bem passada… e com boa disposição, recordando tantos amigos…e foram tantos que cumprimentei…além das recordações muito boas que este clube e traçado me deram…
Quanto ás performances que dizer??’ Com “Alma”… o “incombustivel”, Jeff, uma máquina de corrida com uma andamento certo e preciso, já lhe chamo relógio suiço… Imata, a recuperar, a alegria de correr recomeça a estar presente… e o Presi, começa a dar “sinais de vida”, que alegria ver-te a passar a meta aos 45 minutos… continua!!!
Para finalizar uma “saca do corredor”, bem apetrechada por uma garrafa de vinho… quê estavam á espera que fosse powerade?? Isto é o Salgueiros?? queriam que fosse o quê?? Aqui é vinho e mais nada!!!

SALGUEIROS SEMPRE!!!